Global Português [ Mudar a Região ]

Mosaic Company anuncia resultados do primeiro trimestre de 2020.

 

Mínimos Impactos Negativos do COVID-19.
Nos Principais Mercados da Empresa, a Agricultura é Considerada um Negócio Essencial.
Forte Temporada de Primavera na América do Norte.

TAMPA, FLÓRIDA – 4 de maio de 2020 – A Mosaic Company (NYSE: MOS) anunciou receitas líquidas de US$ 1,8 bilhão e um aumento de 14% no volume de vendas de produtos acabados, no ano-a-ano.  A empresa anunciou um prejuízo líquido de US$ 203 milhões no primeiro trimestre de 2020, incluindo perdas em moeda estrangeira não-caixa de US$ 295 milhões, que foram compensadas principalmente em outros resultados integrais no balanço patrimonial.  O prejuízo líquido ajustado foi de US$ 21 milhões, uma redução em relação aos US$ 119 milhões registrados no ano anterior, com preços menores dos produtos acabados parcialmente compensados pela queda nos custos de matéria-prima de fosfatados e fortes volumes de venda.  O prejuízo por ação foi de US$ 0,54, o prejuízo por ação ajustado foi de US$ 0.06 e EBITDA(1) ajustado foi de US$ 214 milhões.

Destaques:

•     Em praticamente todos os principais mercados da Mosaic, a agricultura foi considerada um negócio essencial, o que resultou na priorização de logística e no apoio aos insumos agrícolas, incluindo fertilizantes, para garantir a segurança alimentar.

•     Até o momento, a COVID-19 não trouxe impacto relevante às instalações operacionais, aos funcionários, à cadeia de suprimentos e à logística da Mosaic.

•     Graças aos planos de ação da empresa e à diligência dos funcionários, entre nossos profissionais  tivemos poucos casos de COVID-19, que foram isolados eficazmente.

•     A Mosaic continua a apoiar suas comunidades, investindo mais de US$ 1,5 milhão em ajuda local alimentar e médica.

•     O fluxo de caixa produzido pelas operações foi de US$ 190 milhões, uma melhoria de US$ 366 milhões em relação ao mesmo período no ano anterior, em consequência de mercados e volumes mais fortes e melhor posição do capital de giro.

◦     Em 2020, além do fluxo de caixa produzido pelos lucros, a empresa espera receber até US$ 170 milhões em entradas de caixa por créditos tributários e rescisões de swaps de taxas de juros. 

(1)Vide “Medidas Financeiras Não-GAAP” para mais informações e conciliação.

•     Caixa total disponível totalizou US$ 1,1 bilhão em 31 de março, com a empresa acessando linhas de crédito e administrando o capital de giro para assegurar o máximo de flexibilidade financeira durante o atual momento de volatilidade econômica. 

•     O volume de vendas dos três negócios no primeiro trimestre foi maior que o de um ano atrás. 

◦     Vendas de potássio e fosfatados na América do Norte foram impulsionadas pelas aplicações do final do ano, o que resultou em fortes volumes de venda já no início do ano. 
◦     Os negócios da Mosaic no Brasil alcançaram o melhor volume de vendas do primeiro trimestre já registrado.

•     A empresa mantém uma boa execução e avança rumo a suas metas de 2021.

◦     A Mosaic Fertilizantes obteve economias transformacionais de US$ 17  milhões no trimestre, rumando para sua meta de US$ 50 milhões em 2020.

▪     O custo caixa da rocha de fosfato foi de R$ 312 por tonelada, abaixo da meta de 2021, R$ 320.

▪     O custo caixa da conversão de fosfato foi de R$ 309 por tonelada, abaixo dos R$ 321 registrados em 2019, no caminho para sua meta de 2021, R$ 275.

◦     O custo caixa da produção de potássio, excluindo os custos de salmoura, foi de US$ 59 por tonelada, refletindo a rápida mudança da produção para a mina Esterhazy K3, com benefícios de moeda corrente, trazendo os custos abaixo da meta de 2021, US$ 62 por tonelada.

▪     O projeto de desenvolvimento da mina Esterhazy K3 continua avançando, com a implantação da terceira máquina de extração automatizada no primeiro trimestre.

◦     A extração de fosfato entregou um custo caixa do minério de US$ 36 por tonelada, abaixo da meta de 2021, US$ 39 por tonelada. Este é o melhor resultado trimestral registrado nos últimos seis trimestres.  

“Os produtos da Mosaic são cruciais para assegurar que o suprimento alimentar global continue suficiente; somos gratos aos esforços dos governos, parceiros da cadeia de produção, clientes e funcionários da Mosaic voltados ao apoio das necessidades dos produtores rurais”, afirmou  Joc O’Rourke, Presidente e Principal Executivo.  “Estamos todos avançando para capturar a oportunidade que temos à nossa frente: atender à sempre crescente demanda por alimentos”.

O fluxo de caixa fornecido pelas atividades operacionais no primeiro trimestre de 2020 foi US$ 190 milhões, em comparação com o fluxo de caixa operacional negativo de US$ 176 milhões em 2019 e o resultado negativo de US$ 71 milhões em 2018.  Normalmente, o primeiro trimestre reflete um aumento sazonal dos estoques, que aumenta o capital de giro. A queda no capital de giro de US$ 194 milhões no primeiro trimestre de 2020 foi especialmente trazida pelo forte aumento nos volumes de venda, 14% acima do registrado no mesmo período no ano anterior, redução nos estoques da empresa e uma diligente gestão dos outros itens do capital de giro.  Os dispêndios de capital totalizaram US$ 264 milhões no trimestre, abaixo dos US$ 314 registrados no mesmo período do ano anterior.  O caixa total e equivalentes de caixa da Mosaic, excluindo caixa restrito, totalizaram US$ 1,1 milhão, em comparação com os US$ 385 milhões do ano anterior, e incluindo um saque de US$ 400 milhões da linha de crédito concedida de US$ 2 bilhões, com a única finalidade de prudentemente aumentar o caixa disponível.  Durante o primeiro trimestre, a empresa acessou cerca de US$ 575 milhões em linhas de curto prazo para capital de giro e reduziu dívidas estruturadas em aberto no Brasil em US$ 241 milhões. Em 31 de março de 2020, a dívida de longo prazo representava US$ 4,6 bilhões.