Global Português [ Mudar a Região ]

Relatório de Sustentabilidade 2013

 

Uma conversa com o CEO, Jim Prokopanko, sobre os nossos avanços e compromisso com a sustentabilidade

1) Qual é o papel dos fertilizantes na segurança alimentar global?
Mais da metade da produtividade agrícola global é atribuída a fertilizantes, de forma que eles devem ser parte integrante de qualquer discussão sobre segurança alimentar global. O fato é que, a cada dia, temos 150 mil novas pessoas a serem alimentadas no mundo. A expansão da classe média, que cada vez mais demanda proteínas, como carnes, aliada à mudança climática e à falta de água ampliam a pressão sobre a agricultura mundial. Não restam dúvidas de que alimentar uma crescente população mundial, em permanente mudança, é um dos grandes desafios dos nossos tempos.
A missão da Mosaic é ajudar o mundo a produzir os alimentos de que precisa. Acreditamos que a resposta a este grande desafio está na “intensificação sustentável”, ou seja, produzir mais alimentos, de forma sustentável e respeitando e preservando o meio ambiente. Isso simplesmente não pode ser alcançado sem a ajuda dos inúmeros benefícios dos fertilizantes minerais.
Fertilizantes nutrem plantas, que, por sua vez, nutrem pessoas. Quando aplicados corretamente, os produtos da Mosaic – fertilizantes contendo fosfato e potássio – ajudam os produtores rurais a obter mais alimentos e mais grãos em cada hectare plantado. Sem fertilizantes, seriam necessárias muito mais terras de plantio para atender a demanda global – o que provocaria desmatamento e perda da biodiversidade.
Para ajudar a promover o correto uso dos fertilizantes, a Mosaic apoia os 4Cs do manejo responsável defendido pelo Nutrient Stewardship Framework, ou seja, usar o fertilizante certo, na medida certa, no tempo certo e no lugar certo. Esse programa estimula produtores rurais ao redor do mundo a defenderem o meio ambiente ao mesmo tempo em que maximizam sua produtividade.

2) Qual é o efeito do desafiador cenário de negócios sobre os seus esforços de sustentabilidade?
As condições dos negócios – sejam elas boas ou difíceis – não mudam e não mudarão o compromisso da Mosaic com a sustentabilidade. O sucesso vem de nossas escolhas inteligentes sobre como cuidamos do meio ambiente, como engajamos funcionários e comunidades e como administramos os recursos. Nossa solidez financeira permite que continuemos investindo nos avanços de sustentabilidade de nossa empresa, independentemente das condições do mercado.
Em 2013, fomos testados pelos baixos preços de potássio e fosfato no mercado, trazidos pelo aumento da oferta global e demanda inconsistente de algumas partes do mundo, especialmente Índia e China. Tenho orgulho de dizer que a Mosaic superou esses desafios e produziu sólidos resultados financeiros, sem deixar de lado a sustentabilidade do negócio.
Optamos por usar esse difícil contexto como uma oportunidade para crescer e apurar a carteira de negócios. Estamos ampliando nosso investimento na promessa agrícola brasileira por meio do acordo de compra do negócio de distribuição de fertilizantes da Archer Daniels Midland Company (ADM) no Brasil e no Paraguai, decisão que complementa os planos de expansão já em andamento. Também adquirimos as operações de fosfatados da CF Industries em março de 2014, além de firmar uma joint venture de fosfatados com a Ma’aden e a SABIC, na Arábia Saudita. Tomamos ainda a difícil decisão de alienar ativos com baixo desempenho no Chile, na Argentina e no estado norte-americano de Michigan. Acreditamos que essas decisões ampliarão nossas eficiências operacionais e nosso impacto econômico e agrícola nos principais mercados agrícolas.

3) Quais são as prioridades da Mosaic quando o assunto é sustentabilidade?
Sendo o maior produtor mundial de fosfato e potássio, nossa principal prioridade é ajudar os produtores nas principais regiões agrícolas a produzir mais milho, trigo, soja, batatas e outras culturas. Temos também a responsabilidade de promover o manejo responsável dos nutrientes em toda a cadeia de produção – da mina ao mercado.
Queríamos entender melhor e priorizar as inúmeras questões que são de importância para os nossos públicos, de forma que, em 2013, realizamos um estudo de relevância com uma empresa de auditoria independente. As opiniões valiosas e imparciais que recebemos estão nos ajudando a identificar as ações mais importantes que devemos tomar para reduzir ainda mais o nosso impacto ambiental, de forma que tenham mais relevância para nossos públicos. Acreditamos que concluiremos essa análise de relevância em 2015.
Manter um ambiente de trabalho saudável e seguro sempre foi e será um importante foco para a Mosaic. Ficamos extremamente abalados com o trágico acidente ocorrido em fevereiro de 2014, que resultou na morte de um funcionário terceirizado em uma de nossas unidades de fosfato na Flórida. Realizamos uma investigação completa e compartilhamos as conclusões, para evitar futuros incidentes fatais.
A cultura de segurança da Mosaic avançou muito e, estatisticamente, nosso desempenho geral de segurança em 2013 foi o melhor de todos os tempos. Mas devemos continuar nossa busca incansável por um ambiente de trabalho sem acidentes. Isso nunca foi tão importante, especialmente agora que damos as boas-vindas a 1.200 novos funcionários por meio das aquisições já concluídas ou pendentes.

4) O que a Mosaic está fazendo para reduzir a seu impacto ambiental?
Tivemos sólidos e consistentes avanços nos cinco anos que se passaram desde que publicamos nosso primeiro relatório de sustentabilidade. Em nossas operações, estamos especialmente orgulhosos dos esforços na conservação de recursos hídricos, recuperação ambiental, uso de energias alternativas e redução da pegada de carbono.
Nossas unidades de fosfato na Flórida já operam com mais de 90% de água reciclada e continuamos empenhados em encontrar maneiras de reduzir o consumo de água. Estamos trabalhando com outras empresas locais no uso responsável dos recursos hídricos: a Mosaic firmou uma parceria com a Duke Energy para reduzir em até 4,6 milhões de galões (17,5 milhões de litros) a retirada de água do subsolo no Condado de Polk, na Flórida.
Para melhor entender nosso desempenho ambiental, estamos acompanhando nossas emissões de gases de efeito estufa desde a criação da Mosaic, em 2004 – e estamos empenhados em reduzir a intensidade das emissões a cada ano. Desde 2008, reduzimos a energia total consumida para produzir cada tonelada de produto acabado em 10%. Parte dessa redução é atribuída à cogeração por meio do calor residual nas operações. Em 2013, a Mosaic produziu eletricidade em volume suficiente – aproximadamente 6,24 milhões de gigajoules  - por meio da cogeração para atender 44% da demanda energética de toda a empresa. Em nossas minas, usamos mais de um milhão de gigajoules de eletricidade cogerada sem emissões.
As atividades de recuperação ambiental da Mosaic na Flórida, considerada a melhor do setor, começam antes mesmo da extração. Primeiramente, trabalhamos em conjunto com dezenas de órgãos regulatórios municipais, estaduais e federais para assegurar que todas as áreas de extração possam ser recuperadas ambientalmente, além de identificar áreas especialmente delicadas, do ponto de vista ambiental, que devem ser protegidas. Nossas equipes de biólogos, hidrologistas e outros especialistas têm grande orgulho da excepcional qualidade do nosso trabalho de recuperação ambiental. O foco é criar ambientes sustentáveis e bem sucedidos que abriguem uma diversidade de flora e fauna.
Também estamos encontrando formas de reduzir nosso consumo indireto de energia. Em 2013, concluímos a conversão da nossa frota de caminhões na Flórida Central para veículos movidos a gás natural, um combustível mais limpo. Estamos satisfeitos em saber que a nova frota nos permitirá operar com mais segurança, diminuir os custos para os clientes e reduzir as emissões.
Graças ao trabalho de nossas equipes de operações, meio ambiente, saúde e segurança, cadeia de produção e engenharia, a Mosaic deu grandes passos na redução do uso de energia e das emissões, sendo amplamente reconhecida pelos seus esforços.
Desde 2009, a Mosaic vem informando o seu estoque de gases de efeito estufa de mais de 50 unidades em sete países para o Carbon Disclosure Project (CDP). Em 2013, a empresa foi incluída nas listas ambientais CDP S&P 500 Climate Disclosure Leadership Index e CDP S&P 500 Climate Performance Leadership Index. Temos orgulho em dizer que a Mosaic foi a primeira empresa de fertilizantes a fazer parte desses índices.
Além disso, a Mosaic foi uma das 35 empresas globais a integrar o Trucost Natural Capital Leaders Index. Fomos reconhecidos pelo nosso histórico de sucesso econômico sem degradação ambiental.

5) Quais são os desafios de sustentabilidade enfrentados pela Mosaic?
O conceito de sustentabilidade avançou muito ao longo dos anos, e precisamos continuar aprendendo para que possamos acompanhar as mudanças. Estamos avançando em nossa abordagem de sustentabilidade. Parte desse processo é avaliar os inúmeros desafios e determinar onde podemos trazer o maior impacto para os nossos públicos  .
Alguns dos nossos maiores desafios são também os desafios enfrentados por todo o setor de fertilizantes, o que exige consenso e colaboração. Uma dessas questões é a responsabilidade com os nutrientes. Nossos produtos são essenciais à humanidade e, como muitos outros, devem ser usados de forma responsável. Como setor, precisamos fazer mais para assegurar que nossos parceiros distribuidores e varejistas, assim como produtores rurais, tenham as ferramentas necessárias para ampliar sua produtividade agrícola de forma sustentável.
Outra questão crítica para o setor é a segurança de nossos produtos. Unimo-nos ao The Fertilizer Institute e à Agricultural Retailers Association para apoiar a iniciativa Responsible Ag, que visa facilitar o cumprimento, por parte dos varejistas de fertilizantes, de normas de segurança federais e dar acesso a inspeções abrangentes. A segurança e o bem-estar de nossos funcionários e comunidades estão acima de tudo para a Mosaic, e estamos satisfeitos em saber que esse programa ajudará nossos clientes a melhor entender e cumprir uma norma comum.
Em última análise, intensificação sustentável continua sendo nosso principal desafio – e nos dá um propósito aos negócios. A cada dia, nossos funcionários estão trazendo inovações, encontrando formas de trabalhar com mais segurança e inteligência e desenvolver processos melhores e mais eficientes para levar a empresa à frente. Acreditamos que nossos esforços de sustentabilidade trazem maior valor aos acionistas  e nos ajudam a realizar nossa missão de ajudar o mundo a produzir os alimentos de que precisa.

   Clique aqui para ler o Relatório de Sustentabilidade completo, em inglês.